Passar para o Conteúdo Principal

Biblioteca Municipal

Biblioteca Municipal - Secção Adultos

Aberta a 20 de agosto de 2005, a Biblioteca Municipal de Sines é o equipamento dinamizador das atividades ligadas ao livro e à leitura.

Na Biblioteca Municipal tem vindo a ser afirmada a regularidade da programação e a aquisição e tratamento da coleção, atualmente com cerca de 22 mil títulos.

Realizam-se regularmente sessões de contos, exposições, espetáculos, ateliês, formações, encontros e outras iniciativas, destinados à população de todas as idades e a profissionais ligados à educação e às bibliotecas.

A Biblioteca Municipal de Sines é biblioteca associada da UNESCO pelo seu trabalho na promoção do diálogo intercultural, literacia e direitos humanos

Salas

  • Átrio / Receção – Piso 0
  • Sala de Leitura de Periódicos e Multimédia – Piso 0
  • Serviços Internos – Piso 1
  • Setor Infantil/Juvenil – Piso 2
  • Setor de Adultos – Piso 2

Biblioteca Municipal - Secção Infantil

Solicitar cartão de utilizador

Para utilizar os serviços da biblioteca deverá inscrever-se e solicitar um cartão de utilizador. Para tal basta identificar-se e apresentar um documento comprovativo da morada.

Algumas regras de utilização

  • No balcão de empréstimos estão técnicos com a função de acolher os utilizadores e orientá-los na pesquisa bibliográfica e na utilização dos restantes serviços da biblioteca.
  • As obras encontram-se em livre acesso, o que significa que o leitor pode retirar as obras das estantes e consultá-las ou requisitá-las à sua vontade. Contudo, não deve voltar a arrumá-las. Deixe-as sobre as mesas ou entregue-as ao técnico de serviço.
  • Os livros encontram-se arrumados nas estantes, por Centros de Interesse (baseados na Classificação Decimal Universal (CDU).
  • Todas as obras que estão na secção de empréstimo podem ser requisitadas. As exceções estão sinalizadas com um círculo cinzento na lombada. Cada utilizador poderá requisitar até três livros por um período de 15 dias, renovável, caso não existam leitores em lista de espera. Em caso de extravio ou deterioração das obras o utilizador é obrigado a indemnizar a biblioteca.