Passar para o Conteúdo Principal

Potencialidades

potencialidades Sines

Ligação com o mar

Sines é uma localização ideal para as atividades ligadas aos oceanos:

  1. Porto multifacetado situado no cruzamento de importantes rotas comerciais marítimas
  2. O mais importante complexo portuário do país, no que diz respeito ao total de carga movimentada no conjunto dos seus terminais (granéis sólidos, granéis líquidos, carga geral e carga contentorizada)
  3. Único terminal de gás natural liquefeito do país
  4. Principal porto de pesca do Alentejo, que sustenta uma importante indústria de congelados de peixe
  5. Um dos poucos portos de recreio do Alentejo
  6. Pólo da Universidade de Évora, vocacionado para o estudo de Biologia Marinha
  7. Importante potencial para aquacultura, comprovada por estudos realizados e por algumas unidades produtivas já instaladas no concelho
  8. Valor turístico do concelho relacionado com as suas praias e com a paisagem e beleza da sua faixa costeira
  9. Principal centro energético nacional
  10. Cidade cosmopolita, multicultural e de economia diversificada, com dinamismo demográfico

Energia, petroquímica, metalomecânica

Centro energético nacional

Sines é uma referência nacional a nível de produção energética:

  • Uma central termoelétrica;
  • Dois parques eólicos;
  • Duas grandes centrais de cogeração (Galp Energia e Repsol);
  • Um porto que abastece outras unidades de produção energética do país da sua matéria-prima, nomeadamente gás e carvão.

Energias renováveis

Com a entrada em funcionamento do terminal de contentores em pleno, surgiu também uma oportunidade para um mercado em franca expansão: o mercado das energias renováveis.

Sines tem a capacidade para atrair indústrias que se dediquem a produzir estes equipamentos ligados às energias renováveis (aerogeradores, painéis solares, células de hidrogénio, entre outros), a reproduzir esta tecnologia e a exportá-la através do porto de contentores para o resto do mundo. Tem zonas industriais com disponibilidade de espaços e que podem acolher este tipo de unidades fabris, tem mão-de-obra qualificada com cultura industrial e centros, escolas e empresas de transferência de tecnologia e formação.

Biodiesel

O concelho de Sines tem uma localização privilegiada para unidades de transformação de biodiesel e bioetanol, devido à abundância de espaços industriais e ao seu porto de águas profundas.

Indústria química e petroquímica

Sines é uma referência na indústria petroquímica. Tal acontece, essencialmente, por estarem localizadas no concelho a maior refinaria do país (Galp Energia) e uma petroquímica que é, também, uma das maiores do seu género em Portugal, a Repsol. Air Liquide e Artlant são outras empresas instaladas em Sines.

Metalomecânica

Sines apresenta uma indústria de metalomecânica bastante desenvolvida, bastante capacitada e habituada à concorrência externa. A experiência adquirida na construção e manutenção do complexo industrial do concelho tem aplicabilidade em mercados externos.

Comércio, serviços e construção

Sines tem também excelentes condições para o estabelecimento de empresas de construção civil. O porto de contentores é uma porta aberta à exportação por empresas a ele ligadas.

Os serviços também evidenciam considerável desenvolvimento, sobretudo as empresas que prestam serviços às grandes e médias indústrias instaladas, tais como cedência de mão-de-obra, formação, manutenção industrial, entre outras. São também de referenciar algumas empresas relacionadas com os transportes, logística e armazenagem, que detêm alguma expressão no concelho, e também o facto de a maioria das instituições financeiras - com destaque para o setor bancário - terem representação em Sines.

O comércio de Sines reflete a especificidade do concelho, em termos do rendimento médio “per capita” dos seus habitantes e também do seu poder de compra.

A restauração é um setor muito relevante, contando este pequeno concelho com dezenas de restaurantes referenciados.

Turismo

O turismo tem uma representação privilegiada no tecido empresarial siniense, sendo a cidade mais vocacionada para o turismo de negócios e Porto Covo para o turismo de lazer.

Sines tem dinâmica muito própria caracterizada por uma procura muito distinta dos demais concelhos desta sub-região, onde se destacam o turismo de negócios, náutico, gastronómico e de eventos.

O turismo de negócios é essencialmente relacionado com o complexo industrial e portuário, que mantém uma procura constante de locais de acolhimento durante todo o ano e com incrementos sensíveis em alturas de grandes obras ou paragens das maiores unidades industriais.

O turismo relacionado com o mar, com a prática de desportos náuticos, com a procura das praias de excelente qualidade, são também uma constante, sendo prova disso as empresas de animação turística existentes ligadas ao mar e o historial de provas de desportos náuticos já realizadas.

De referir que Sines tem um dos poucos portos de recreio do Alentejo e também paisagens inesquecíveis, no seio do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e da Costa Vicentina, para usufruto de visitantes amantes da natureza.

A riqueza gastronómica é também um dos grandes atrativos de Sines, com dezenas de restaurantes referenciados num concelho de apenas duas freguesias. A oferta que proporcionam é vasta, para todos os gostos e para todas as bolsas, sendo que o peixe e o marisco ocupam um lugar de destaque.

Eventos como o Festival Músicas do Mundo, um dos mais prestigiados da Europa na área da world music, atraem milhares de pessoas a Sines durante o verão.